Preciso me reencontrar - Doce Timidez

Doce Timidez

Preciso me reencontrar

16.02.2016

Dia 19 vai fazer exato 1 mês que pedi demissão, eu era estagiaria e seria efetivada nesse dia, mas pedi para sai. Alguns dirão que sou louca, que nessa crise não deveria ter feito isso, mas só eu sei como estava na época e como estaria se tivesse continuado lá.

O trabalho não me agradava muito, existia promessa de que melhoraria, porém só mais para frente, o ambiente estava começando a ficar tóxico e cada dia que passava, meu emocional ficava mais abalado.

A decisão não foi fácil, quem é que nessa crise está podendo “jogar fora” um salário bruto de R$1800,00? Ninguém, mas duas pessoas, o Victor e a Thami, me disseram que nenhum dinheiro compra minha estabilidade emocional e por isso resolvi sair e tentar conseguir algo novo.

Gif Tristeza

O problema é que estou perdida, tento de todas as maneiras me direcionar, encontrar um caminho e seguir ele, mas não consigo, quando acho que encontrei e que estou seguindo certo, algo vem e me abala.

Eu amo o que faço, cada vez que recebo um email de cliente pedindo orçamento para design e programação de blog meu coração se enche de felicidade, porém cada vez que a pessoa não responde de volta, penso se fiz a coisa certa ao largar o emprego. Então vem o pensamento de que deveria arrumar outro emprego logo, mas só de me imaginar trabalhando entre 4 paredes de novo e tendo que cumprir horário, faz com que eu tenha vontade de chorar.

Sabe, não estou só perdida sobre meu futuro profissional, estou perdida sobre quem eu sou também, amo demais o blog e posto aqui tudo o que gosto e me inspira, mas nos últimos dias todas as ideias que tive de post não me agrada e não estou conseguindo ter ideias para postagem nova, não sei se ando apenas precisando de um tempo para pensar ou se realmente me perdi no meio do caminho e estou precisando me reencontrar.

textoalternativo

Sinto como se não tivesse tempo para me reencontrar, tudo é tão corrido hoje em dia, não? Quero tantas coisas que precisam de dinheiro que muitas vezes me vejo na obrigação de arrumar dinheiro logo e de aceitar qualquer coisa que aparece.

Não fazer nada faz com que eu me cobre e me sinta mal.

Estou levando e tentando me manter, tentando me organizar, tentando fazer as coisas. Tentando fazer com que a minha vida encontre um rumo, um caminho.

Apenas um desabafo que fiquei em dúvida se postava ou não.
Até o próximo post.

Acompanhe o Doce timidez nas redes sociais!
Twitter | Facebook | Instagram | Bloglovin | Youtube | Snapchat {docetimidez}

Me diga o que você achou dessa postagem!

  • Paula 16/02/2016

    Bruna, querida, vc é muito corajosa de ter feito o que fez e te admiro. Pode parecer loucura aos olhos de muita gente ter largado um emprego fixo em tempos de crise, mas a verdade é que, às vezes, para uma porta nova se abrir, temos que ter coragem de fechar outras e nem todo mundo tem essa coragem. Como sua cliente, sei do seu talento, da sua honestidade e do amor que vc coloca em tudo que faz. Outro dia vi um post pedindo recomendações na página do Rotaroots no face e quando fui falar de vc já tinha um comentário te recomendando (da Barbara). Isso diz muito. E tenho certeza que sua carreira vai decolar.
    Sei que agora vc está se sentindo perdida, mas se acalme pq tudo vai se ajeitar. O melhor de Deus para sua vida está perto.

    Um beijo, querida.

    Responder

    Bruna Leite 16/02/2016

    Oi Paula! Que bom ler seu comentário, me arrancou um sorriso e trouxe felicidade para o meu coração ♥
    Sim, é preciso coragem e olha eu chorei muito no dia anterior a pedir demissão, porque realmente não queria ficar lá, mas tinha mais medo de sair e me arrepender.
    Você foi minha primeira cliente, a primeira pessoa a confiar no meu trabalho, e graças a você e a recomendação que fez, tive a Barbara logo em seguida. Muito obrigada pela confiança e pelas palavras.

    Beijo.

    Responder

  • Gabi Gouveia 16/02/2016

    Bruna, quando estamos chateadas com algo parece que vão acontecendo coisinhas para testar nossos limites e nossa capacidade também. Nossa, quantas vezes fiquei triste ao montar um portfólio que eu julgava ser ótimo, ai vinha um pedido de orçamento, minha resposta rápida e depois mais nenhuma resposta? É de querer chorar…

    Mas uma coisa que percebi é que tudo depende de nós mesmos, inclusive enfrentar coisas como trabalhar em empresas e tal. Em TODO lugar existem picuinhas, gente querendo te passar a perna e fofoca, basta a gente se blindar e fazer apenas o serviço, pois mais que taxem a gente de chatos.Eu sou assim, não trabalho na minha área, mas AGORA preciso desse din din pra pagar a faculdade que meus pais não tem condição de pagar, mas esse ano termino a faculdade e sinto que tudo vai mudar pra melhor <3

    Coloca Deus na sua frente e pede a ele, seus caminhos vão aparecer, fique tranquila!
    Beijos, Gabi.

    Responder

    Bruna Leite 16/02/2016

    Oi Gabi! Sei bem como é isso também, é triste você responder rápido, deixar em aberto negociação e a pessoa nunca responder.

    Você está certa tudo depende de nós mesmos, o meu maior problema foi eu não estar aguentando mais e a cada dia que passava me fechar e ficar totalmente desanimada de viver, mesmo colocar objetivos a ser alcançados para me manter estável, não estava funcionando. Sei que em todo lugar vai ter fofoca e picuinha, por sorte onde eu estava não tinha muito, não na minha equipe pelo menos e não na minha frente, nunca dei abertura para ouvir essas coisas, então se rolava eu não sabia.

    Entendo o ponto de trabalhar para pagar a faculdade, eu me mantive no estagio por mais tempo do que aguentava por isso mesmo, mais ou menos em setembro comecei a sentir pressão e tristeza, mas me mantive firme até janeiro para poder pagar a faculdade, agora que já acabei e não tenho nenhuma grande conta, resolvi sair.

    Espero que você consiga trabalhar na área e que tudo melhore por ai <3

    Obrigada pelas palavras! Eu já coloco Deus na frente, sempre <3
    Beijos.

    Responder

  • Dai Castro 16/02/2016

    Te entendo completamente, também estou passando por uma fase assim e me sinto cada vez mais abalada pela pressão dos outros e de mim mesma… As vezes necessitamos de um tempo, de pensar mais em nós mesmas e no nosso bem estar. Espero que consiga se encontrar em meio a tudo isso, também desejo o mesmo para mim 🙂 Beijos!!
    Colorindo Nuvens

    Responder

  • Thamires Oliveira 16/02/2016

    Bru, todas as coisas cooperam para o nosso bem. Não cobre demais de você mesma, aproveite um pouco esse momento que você está vivendo e utilize esse tempo livre que você está tendo para fazer algo diferente (que não necessite de dinheiro). Como sair pra caminhar, fotografar, ou ir para um canto tranquilo junto com um bom livro. Você é realmente talentosa e tente não se frustrar quando as coisas ao seu redor parecer não estar dando certo. Algumas coisas levam tempo para acontecer, mas acontecem!
    Lembre-se que às vezes estamos tão perto de alcançar o nosso objetivo, então não podemos desistir agora!
    Mudanças de vida/rotina, podem parecer difíceis, mas não são impossíveis. Nós fazemos parte de uma geração que não se contenta com o que tem e está sempre em busca de mudança. Você já fez a sua, agora força para continuar a caminhada.

    Saiba que para o que precisar, estou aqui!E logo você se encontra!
    Beijos ♥

    Responder

  • Dany Guimarães 16/02/2016

    Creio que você fez certo, eu tbm tenho um probleminha com relação a ansiedade, se estou em um ambiente que não me agrada ou se estou desconfortável começo a me sentir mal. Se o ambiente for toxico como falou pior ainda. Dinheiro no final é só dinheiro, não vale se desgastar por isso.

    Dany Guimarães| Legalmeente Ruiva | Legenda da Trindade

    Responder